Yu-gi-oh!

Yu-gi-oh!
dragão branco de olhos azuis, dragão luminoso de olhos azuis e dragão supremo de olhos azuis.

domingo, 31 de agosto de 2014

sexta-feira, 29 de agosto de 2014

quarta-feira, 27 de agosto de 2014

segunda-feira, 25 de agosto de 2014

sábado, 23 de agosto de 2014

Anhanguera.

O Anhanguera ou Ornithocheirus era um dos maiores pterossauros que já existiram, possuía uma envergadura de aproximadamente 13 metros, seu corpo esticado em voo chegava a ter mais de 3,5 metros, no solo pousado sua altura chegava a mais de 1,5 metros e chegaria a pesar mais de 100kg; Ele viveu no período Cretáceo, nos atuais Brasil e Inglaterra.
Acredita-se que com seus dentes afiados ele se alimentava de peixes nas costas brasileiras e faria uma migração anual para se acasalar na região da atual Inglaterra. No começo do período de Cretáceo, os pterossauros pequenos começaram a crescer e atingir tamanhos como o do Ornithocheirus ou Anhanguera.
O Anhanguera teve a área de asa de um aeroplano pequeno, contudo por causa de seus ossos ocos, seu corpo pesava menos que a de um humano provavelmente. Suas asas foram feitas de pele estirada entre um dedo comprido enorme, e seu tornozelo. Correntes de ar ascendentes foram usadas para que o Anhanguera pudesse voar por centenas de quilômetros sem agitar suas asas.
Foram achados os primeiros fósseis de Ornithocheirus na Formação de Wealden em Sussex, Inglaterra em 1827. Eles não foram descritos formalmente como Ornithocheirus até as 1869. Apesar do fato que foram descobertos restos só parciais, 36 espécie foram identificados do soerguimento de mais de 1000 ossos. Muitos desses achados fósseis foram encontrados no Brasil.

Espécies.

Anhanguera cuvieri (Bowerbank, 1865);

Anhanguera fittoni (Owen, 1858);

Anhanguera blittersdorffi (Campos & Kellner, 1985);

Anhanguera santanae (Wellnhofer, 1985).

Ficha técnica.

Nome: Anhanguera

Nome Científico: Ornithocheirus

Época: Cretáceo

Reino: Animalia

Filo: Chordata

Classe: Reptilia

Ordem: Pterosauria

Família: Ornithocheiridae

Género: Anhanguera

Local onde Viveu: Brasil e Europa

Peso: aproximadamente 100 quilos

Tamanho: 13 metros de envergadura

Alimentação: Peixes

Esqueleto.


Retirado do site: http://www.portalsaofrancisco.com.br/alfa/pterossauros/anhanguera.php

http://pt.wikipedia.org/wiki/Anhanguera_%28pterossauro%29



quinta-feira, 21 de agosto de 2014

terça-feira, 19 de agosto de 2014

sexta-feira, 15 de agosto de 2014

quarta-feira, 13 de agosto de 2014

sábado, 9 de agosto de 2014

quinta-feira, 7 de agosto de 2014

terça-feira, 5 de agosto de 2014

domingo, 3 de agosto de 2014

Ogro.

Ogro é um lendário monstro de contos populares que, de acordo com a lenda, possui a particularidade de devorar seres humanos. O significado de ogro pode ser associado ao bicho-papão, à assustadora figura que amedronta as crianças.
Ogro ou ogre é algo um tanto vago, pois varia muito do folclore de um país para o outro e mesmo de uma obra literária para outra no mesmo país. Mas quase sempre é retratado como um gigante ou simplesmente como um homem maior do que o normal e de aparência brutal. E geralmente se alimenta de carne humana. Sua origem controversa, provavelmente uma alteração do latim Orcus, 'divindade infernal', ou do alemão antigo Ögr, "feio" ou "muito desajeitado", parece deixar claro que é um personagem de origem europeia.
Na mitologia, quase sempre é retratado como um monstro que habita florestas isoladas e lúgubres. Na literatura infantil, um ogro famoso é o do conto de fadas O Pequeno Polegar.
Essas criaturas possuem um cérebro reduzido, o que justifica seus atos de insanidade, falta de competência e sua capacidade mental reduzida.
No sentido figurado, a palavra ogro pode ser utilizada para designar um indivíduo corpulento, com atitudes grosseiras e que não sabe se comportar socialmente.
Uma exceção notável, em desenhos, é Shrek, o herói dos filmes que levam seu nome.

Retirado do site: http://pt.wikipedia.org/wiki/Ogro

http://www.significados.com.br/ogro/


sexta-feira, 1 de agosto de 2014

Related Posts with Thumbnails